Blog

Zero na Latinha, Pesado na Balança !

Esse é o título da reportagem que saiu na Revista Saúde deste mês e achamos válido repassar algumas informações para aqueles que acompanham nosso blog.

- Refrigerantes com esse rótulo, ao contrário do que se pensa, auxiliam no ganho de peso corporal, pois, enganam o órgão chave do sucesso com a dieta, que é o cérebro.

- Quando as bebidas ¨Zero¨ surgiram no mercado, fizeram muito sucesso, pois, uma bebida doce e livre de calorias era o que todos sonhavam.

- O que acontece nessas bebidas é que há grande adição de adoçantes, os quais desajustam o sistema de recompensa do cérebro, deixando-o sem medida confiável de quanta energia consumiu e de quanta precisa ingerir.

- Quando comemos um alimento açucarado, o nível de dopamina (molécula muito ligada a diversos estímulos prazerosos) se eleva, provocando sensação agradável que incentiva o ser humano a comer mais e mais daquele alimento. Porém, com o adoçante a história muda bastante, pois, ele gera uma reação similar sem oferecer a tão esperada energia. Inicialmente isso parece bom, mas o adoçante cria uma expectativa no cérebro que ele receberá calorias, e isso de fato não acontece, fazendo ele ¨buscar¨ em outros alimentos. Em resumo, abusar nas latinhas pode abrir o apetite, e pode provocar aumento de peso na balança.

- Ainda não se pode comprovar que o adoçante dos refrigerantes deixam as pessoas com mais vontade de comer, mas já se sabe que ele é capaz de potencializar o armazenamento das calorias vindas das refeições. Ou seja, se a caloria não vem do refrigerante, o organismo tende a absorver mais as calorias dos alimentos consumidos juntos com a bebida.

Diferenças entre os 3 refrigerantes:

Diet: Criada para aqueles que possuem restrições a determinado nutriente, a bebida deve conter menos 0,5% dele em sua composição. No caso dos refrigerantes, a molécula retirada é o açúcar.

Zero: Embora mais empregado para itens livres de calorias, a Anvisa reconhece o termo como sinônimo de diet. Seu uso, portanto, está mais relacionado ao apelo comercial mesmo.

Light: Segundo a legislação, todo o produto light apresenta uma redução de ao menos 25% de algum nutriente em relação ao original. Nas latas, o alvo é, de novo, o açúcar. Na maioria das vezes, ele é totalmente subtraído.

Por essas e outras descobertas que ocorrem a cada dia sobre os alimentos, prefira sempre alimentos naturais, que se saiba a procedência. Tudo o que é feito em casa sempre será mais nutritivo, e, sem dúvidas, mais saboroso.

Qualquer dúvida, estamos à disposição.

Boa leitura!

Comentários

Deixe seu comentário neste post:
* Campos Obrigatórios